Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Fasepa entrega a chave da Escola Socioeducativa à Seduc

Fasepa entrega a chave da Escola Socioeducativa à Seduc

A educação de Adolescentes em conflito com a lei conquistou na manhã de ontem 10.02, uma nova fase com a inauguração da ‘Escola Antônio Carlos Gomes da Costa’, na Unidade de atendimento socioeducativo de Ananindeua (Uase), localizado na Região Metropolitana de Belém (PA). Trata-se de uma parceria entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) e a Secretaria de Estado de Educação (Seduc).
 
É o primeiro espaço pedagógico de referência do norte do Brasil destinado exclusivamente à educação de jovens que cumprem medida socioeducativa de internação. A solenidade foi marcada pelo repasse de maneira simbólica das chaves do mais novo espaço, aos cuidados da Coordenadora do Exame Supletivo para Jovens e Adultos (ENCCEJA), Nilce Azevedo. Ela ressaltou que “essa parceria representa um grande momento e um significativo avanço na educação dos jovens que se encontram privados de liberdade; e que venha suprir de forma efetiva as necessidades educacionais preexistentes”.
 
                                                         
                                                          Parceria: Sônia Cabeça repassa as chaves à Nilcea Azevedo
 
Sobre o início das atividades do recém-criado espaço pedagógico, a presidente da Fasepa, Terezinha Cordeiro, fez questão de dizer sobre a importância e a necessidade desse trabalho “ser pensado em tempo integral no sentido de pleitear e captar recursos federais junto ao Ministério da Educação, que possam vir a subsidiar algumas ações educacionais voltadas também à profissionalização”, frisou, para em seguida arrematar: “a única forma de romper esse ciclo de miséria e pobreza, é através da educação”.
 
Além dessa atividade, mais duas outras ocorriam paralelamente na Uase: a entrega dos certificados de aprovação aos socioeducandos que concluíram o ensino fundamental por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA); e o Sarau de Literatura. Todas as atividades ligadas pelo mesmo fio condutor: a educação, o saber e a cultura como pilar na formação social e intelectual do indivíduo.
 
ÊXITO
“Conseguir esse certificado é uma vitória para mim e para a minha família. Hoje, penso dar sequência aos meus estudos e a minha próxima meta é prestar a prova para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), e tentar uma vaga de engenharia mecânica na UFPA”, disse exultante o jovem Alex (*nome fictício), que cumpre medida socioeducativa há nove meses nessa Uase. Além dele, outros cinco jovens conseguiram passar no Exame.
 
                                                             
                                               Acima, jovem recita um poema durante o Sarau de Literatura
 
De acordo com a gestora da Uase de Ananindeua, Sônia Cabeça, de um total de 31 socioeducandos que estão no espaço, 25 estavam participando das atividades juntamente com seus familiares. “É uma satisfação ver que os demais atores que integram o Sistema de Garantia de Direitos (SGD), estão unindo forças para o resgate da dignidade humana; e isso é um momento histórico que precisa ser celebrado”, finalizou Sônia.
 


imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível