Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Fasepa desativa unidade no bairro do Telégrafo

Fasepa desativa unidade no bairro do Telégrafo

 

 
Os dez adolescentes que cumpriam medidas socioeducativas na unidade de internação que a Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará - Fasepa (antiga Funcap) mantinha no bairro do Telégrafo, em Belém, já estão sendo atendidos no novo Centro Socioeducativo de Benevides (CSEB), na região metropolitana da capital. O CSEB recebeu os primeiros dezessete internos da antiga unidade Val de Cans, no último mês de julho, e agora somam 41 os jovens atendidos na nova unidade.
 
 
A transferência dos jovens significa oferecer um espaço adequado para o atendimento socioeducativo, já que o novo centro é o primeiro, no Pará, a seguir o que recomenda o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). 
 
 
Todos os funcionários da Fasepa que serviam na unidade Telégrafo também foram remanejados para o CSEB. O inventário do patrimônio foi finalizado ainda na sexta-feira e o prédio da unidade foi entregue à Superintendência do Sistema Penal (Susipe), proprietária do imóvel.
 
 
A unidade Telégrafo era uma delegacia de polícia, que foi adaptada, em 2004, para receber adolescentes em conflito com a Lei, por ocasião do fechamento do antigo Espaço Recomeço (Erec), no município de Ananindeua. O espaço desativado não era adequado para abrigar os adolescentes de 16 e 17 anos de idade, que cumpriam medidas socioeducativas de internação.
 
 
Hoje a Fasepa atende 324 adolescentes envolvidos em atos infracionais, nas 15 unidades de atendimento socioeducativo que mantém na região meropolitana de Belém, e nos municípios de Santarém e Marabá.

 

Unidade Telégrafo está desativada.

imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível