Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Funcap inicia II Jornada Freireana de Socioeducação

Funcap inicia II Jornada Freireana de Socioeducação

A participação da família é imprescindível no processo socioeducativo, de acordo com os organizadores da II Jornada Freireana de Socioeducação, que está acontecendo desde o dia 1º até amanhã, 04 de dezembro, no auditório da Fundação da Criança e do Adolescente do Pará (Funcap).
 
Técnicos e gestores que desenvolvem trabalho socioeducativo na Funcap discutem as concepções sobre adolescência, família e juventude para uma abordagem pedagógica no trabalho com adolescentes e jovens. A II Jornada está sendo ministrada pela psicóloga Vera Lúcia Moris, especialista em Família e Adolescência, da Pontifícia Universidade Católica (PUC), de São Paulo.
 
Segundo Vera Lucia Moris, reciclar os conhecimentos sobre o tema gerador é indispensável para os profissionais que lidam com os adolescentes e seus familiares. “Temos que oportunizar aos jovens em cumprimento de medidas de ressocialização a superação das situações pelas quais eles passam e muitas vezes as famílias não possuem essas condições”, afirma a psicóloga.
 
As novas estratégias e metodologias de intervenção pedagógica, implementadas no Plano Político Pedagógico (PPP) pela diretoria de Assistência Social e coordenadoria sociopedagógica da Fundação, desde o ano de 2007, são o foco dos debates, que reunem 60 profissionais por dia, entre pedagogos, psicólogos, assistentes sociais e técnicos.
 
A concepção freireana de educação, idealizada pelo educador pernambucano Paulo Freire, é a referência dos métodos utilizados para a sistematização das propostas pedagógicas na Jornada Freireana iniciada em setembro último, cujo tema é "Família, Juventude, Adolescência e Socioeducação: um contraponto à cultura do cárcere". (RP)
imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível