Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Fasepa promove ações de saúde física e mental para os servidores

Fasepa promove ações de saúde física e mental para os servidores

 A Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) em parceria com a Universidade Paulista (Unip), realizou nesta quinta-feira (13) uma ação de saúde física e mental para os servidores do Sistema de Atendimento Socioeducativo (SAS), com o intuito de promover um momento de integração entre os servidores, trabalhando a temática da saúde mental no âmbito social e pessoal, além da prevenção com os cuidados da saúde física do trabalhador.
Esse é um projeto coordenado pelo Núcleo de Gestão de pessoas (NGP) da Fasepa, com ações itinerantes de saúde, que tem acontecido mensalmente em todas as unidades de atendimento socioeducativo, com o objetivo de garantir cuidados com a saúde mental e bem-estar dos servidores, além de ser uma estratégia eficaz para atender essas necessidades.

 
Segundo Marcela Paiva, coordenadora do NGP, "o nosso objetivo é a prevenção de doenças e de problemas relacionados ao trabalho, tanto físicos quanto mentais, muitas vezes causados pela rotina ou ambiente laborais, levando de maneira itinerante para dentro das unidades ações de prevenção e cuidados, para que os servidores se sintam valorizados".

 
Para incentivar esses cuidados, o NGP tem organizado programações que disponibiliza durante as ações de saúde, atendimento de enfermagem (P.A., Glicemia, Saturação e Temperatura), palestra de saúde física e mental, vacinação, testes rápidos (HIV, Sífilis, Hepatite B e C), além de avaliação nutricional e atendimento terapêuticos com massagens relaxantes entre outros direcionamentos.

 

Em um momento como este, Lorena Ferreira, professora da Unip, aponta a importância dos órgãos públicos escutarem mais seus servidores, e o quanto isso contribui para melhorar o desempenho funcional e pessoal. A professora palestrou sobre a saúde mental do trabalhador e trouxe essa perspectiva devido a preocupação do aumento de casos relacionados a transtornos mentais, principalmente dentro do ambiente de trabalho. "Nosso objetivo é fazer com que o servidor consiga fazer uma auto análise e dessa forma procurar ajuda profissional", reforçou a professora.

 
Segundo o professor e fisioterapeuta, Patrick Abdoral, da UNIP, é possível em parceria entre as instituições e servidores conhecer os motivos causadores de doenças e, em conjunto, se criar iniciativas de prevenção das doenças ocupacionais para promover um ambiente laboral saudável. As Doenças Osteomuscular Relacionada ao Trabalho (DORT), são de alta incidência no dia a dia e é um dos principais afastamentos dos servidores e dos profissionais do ambiente de trabalho.
" Trazer essa palestra hoje, sobre Prevenção de lesões no ambiente de trabalho é muito importante para o encaminhamento dos mecanismos que os servidores irão poder adotar no seu dia a dia de trabalho", destacou.
Segundo os palestrantes, as orientações que foram repassadas aos servidores, podem minimizar possíveis adoecimento mental e lesões físicas, que são tão recorrentes, mas que podem ser evitadas com boas práticas.

 

Texto e Fotos: Dani Valente (Ascom Fasepa)

imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível