Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Socioeducandos da Fasepa participam de Jogo Amistoso na sede do Paysandu

Socioeducandos da Fasepa participam de Jogo Amistoso na sede do Paysandu

Os socioeducandos da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa), vinculados ao Projeto Social Esportivo na Socioeducação - Escolinha do Paysandu participaram nesta terça-feira (27) de um Jogo Amistoso realizado na sede do Paysandu. A iniciativa teve como objetivo, a interação e integração social dos jovens com a comunidade bicolor e a celebração do encerramento do ano de 2022 pelo desempenho dessa importante parceria.
O Governo do Estado, por meio da Fasepa, assinou o termo de cooperação técnica entre as duas instituições para garantir a prática esportiva orientada pelos profissionais do clube aos adolescentes e jovens das unidades de atendimento socioeducativo do estado, e a iniciativa no âmbito socioeducativo visa à inclusão social e redução da reiteração no sistema socioeducativo, oportunizando os socioeducandos a participarem de treinamentos e competições esportivas, com possibilidade de formar futuros atletas e captar jovens talentos.
O Paysandu Sport Club por meio da parceria tem exercido um papel fundamental para o desenvolvimento do trabalho socioeducativo, pois o projeto firmado consiste em colocar em prática todos os ensinamentos de valores, atitudes e habilidades relacionadas a um projeto de paz, possibilitando a integração social e comunitária dos jovens em cumprimento de medida socioeducativa, por meio do esporte.

  
Segundo Emerson Valadares, gestor do Complexo Esportivo e Cultural Apoena (Fasepa), “O Amistoso tem como objetivo mostrar a culminância de tudo que foi desenvolvido ao longo do ano com os socioeducandos, além de mostrar que muitos já estão aptos para se reintegrar na sociedade, tanto, que muitos já encerraram a medida e ainda continuam inseridos no projeto”. Um dos pontos positivos segundo o gestor, e que tem sido muito importante no dia a dia socioeducativo são os valores repassados pelo treinador durante as aulas, e que tem refletido no comportamento e respeito dos socioeducandos com o próximo.

  
Para a completude do trabalho institucional, a Fasepa precisa do envolvimento e da participação de toda a rede de instituições que compõem o sistema de garantias para desenvolver e elaborar políticas públicas que atendam as demandas relacionadas ao público de adolescentes e jovens que se encontram em uma condição de vulnerabilidade social. Dessa forma, é necessário que o Estado e as organizações da sociedade civil estejam engajados e em sintonia para assegurar que os socioeducandos tenham acesso a direitos fundamentais como educação, saúde, esporte, lazer, profissionalização, entre outros.

  
Segundo o treinador do Projeto Social Esportivo na Socioeducação - Escolinha do Paysandu, Raimundo Santos, “Esse projeto é muito importante para o Paysandu, pois o clube tem apoiado muito a questão social, e tem sido muito positiva a parceria com a Fasepa, pois estamos conseguindo oportunizar esses jovens que são carentes de ações como essas, então o clube entra com o esporte, com intuito de oportunizar eles, para que tenham uma perspectiva boa no futuro”, destacou o treinador.
A parceria com o Paysandu tem gerado grande entusiasmo no meio socioeducativo, alguns socioeducandos estão se descobrindo com habilidades esportivas, outros conseguem se ver como protagonistas e vislumbram uma vida profissional no futuro.

  
“Meu sonho é ser um jogador profissional no futuro, e esse projeto é a minha esperança, quero poder ajudar meu pai e se possível a minha comunidade”, relatou um socioeducando de 18 anos, em cumprimento de Liberdade Assistida, medida socioeducativa em meio aberto.
A Fasepa e o Paysandu seguem com a parceria em 2023 e pretendem aperfeiçoar ainda mais o projeto para a socioeducação.

 

Texto: Dani Valente (Ascom Fasepa)
Fotos: Benedito Júnior

imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível