Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Fasepa participa de encontro do PERNOH sobre vulnerabilidade social

Fasepa participa de encontro do PERNOH sobre vulnerabilidade social

A Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) participou, nesta sexta-feira (20), do 1º Encontro de Vulnerabilidade Social em comemoração aos cinco anos do Projeto Escrevendo e Reescrevendo a Nossa História (PERNOH). Promovido pela parceria entre o Ministério Público do Trabalho do Pará e Amapá e o Tribunal de Justiça do Pará, o evento contou com a participação de alunos e comunidade,  além de convidados que atuam em diferentes órgãos envolvidos na execução da política social no Estado do Pará.


 

 

O projeto, além de atender crianças, adolescentes e jovens em contexto de vulnerabilidade social ofertando cursos profissionalizantes e oficinas nas áreas de arte, cultura e esporte, beneficia os socioeducandos que estão em pós-medida que também são acompanhados pela Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa).

 

 


Participaram do evento o Procurador do Ministério Público do Trabalho, Sandoval Alves da Silva, o juiz titular da 3ª Vara da Infância e Juventude de Belém, Vanderley de Oliveira, o Promotor de Justiça do Ministério Público do Pará, Franklin Lobato, o Defensor Público do Estado, Luís Carlos Lima, a diretora de tendimento socioeducativo da Fasepa, Vilma Moraes, o diretor-geral da Associação Polo Produtivo do Pará (APPP) Fábrica Esperança, Artur Jansen, o diretor regional da ADRA Brasil, Pr. Sergio Fuckner, representante do Ministério Prisional da União Norte Brasileira, Pr. Danilo Martins,  e a coordenadora de Ensino e Pesquisa da Defensoria Pública, Emiko Alves.

 

 


O público presente assistiu à apresentação do grupo de música Faseparte e conferir os produtos da Feirinha de Exposição de Produções dos socioeducandos da Fasepa, resultado das oficinas realizadas nas unidades socioeducativas do Estado, organizada pelo Complexo Esportivo Cultural APOENA.

 

 


A coordenação do projeto informa que apesar da pandemia da Covid19, o PERNOH atualmente atende mais de 700 alunos em 04 polos em Belém e no interior do estado em mais de 10 cursos profissionalizantes totalmente gratuitos, seguindo todos os cuidados e protocolos de saúde.


Texto: Franklin Salvador/Ascom Fasepa
Com informações da Ascom PERNOH


 

imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível