Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Adolescente inicia estágio no Forum de Marabá

Adolescente inicia estágio no Forum de Marabá

 
 
Mais um adolescente foi encaminhado para estágio em uma instituição do serviço público. A secretaria do Forum da Comarca de Marabá, região sudeste do estado, recebeu o adolescente J. P. S., 17 anos, no início deste mês, para estagiar no órgão.
 
Convênio realizado entre Funcap e Tribunal de Justiça do Estado (TJE) permitiu o ingresso do jovem na instituição para cumprir quatro horas de trabalho por dia, recebendo remuneração mensal de R$ 408,00 e vale-transporte.
 
J. P. S. cumpre medidas socioeducativas no Centro de Internação do Adolescente Masculino (CIAM-Marabá), há cinco meses. Na unidade, ele participou de oficinas e atividades sociopedagógicas como pintura, artesanato e teatro, e cursa o 1º ano do ensino médio.
 
Segundo a administração da unidade de internação, é a primeira vez que um adolescente em cumprimento de medidas socioeducativas ganha a oportunidade de estagiar no Forum de Marabá.
 
O processo seletivo envolveu três adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, pelo qual foi analisado o interesse pela vaga, comportamento, relações interpessoais, escolaridade e participação nas atividades sociopedagógicas.
 
No Forum, o adolescente colabora com serviços de reprografia, correspondências, arquivamento e outros serviços auxiliares com os servidores.
 
Segundo Vânia Andrade, secretária do Forum da Comarca de Marabá, as atividades que o jovem desempenha atende às expectativas da instituição. “Ele é um jovem educado e esforçado. Tem tudo para ser um bom profissional”, reconhece a secretária. “Quem sabe um promotor ou um juiz”, opina.
 
Para o jovem, o estágio significa oportunidades futuras. "Esse estágio me dá chances de eu encontrar novas oportunidades de trabalho quando for encerrado", analisa.
 
Além do TJE, a Funcap mantém convênio com o Ministério Público Estadual (MPE) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), onde adolescentes que cumprem medidas socioeducativas têm a oportunidade do primeiro emprego. Atualmente, treze adolescentes que cumprem medidas socioeducativas em unidades da Fundação estão estagiando nesses órgãos.
 
O CIAM Marabá atende hoje 24 adolescentes em acolhimento provisório e internação.
 
 
imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível