Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Campanha Fevereiro Roxo alerta servidores da Fasepa sobre Alzheimer

Campanha Fevereiro Roxo alerta servidores da Fasepa sobre Alzheimer

Preocupados com a saúde dos servidores, a Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), promoveu nesta quinta-feira (13), uma palestra na Sede Administrativa da Fundação, para conscientizar os participantes sobre a Campanha Fevereiro Roxo que tem como objetivo alertar sobre doenças de Alzheimer, Lúpus e Fibromialgia.

 

 


A palestra teve como foco a abordagem do Alzheimer, a demência mais comum que causa problemas na memória e comportamento. De acordo com o levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2050, cerca de 152 milhões de pessoas serão diagnosticadas com demência. Com isso, o Alzheimer representará 70% dos casos. “Pessoas da minha própria família estranharam o comportamento do meu pai. E pelo fato de eu ser assistente social, a gente acaba vendo as coisas com outro olhar. Assim eu percebi que tinha alguma coisa errada com meu pai e fui consultar um especialista, que confirmou que era uma Demência Frontotemporal”, relatou a participante da palestra, Leida Aires, sobre a experiência que teve com o seu pai.

 

 


Incentivando a melhoria na qualidade de vida, o Núcleo de Gestão de Pessoas (NGP) proporciona ações mensais, com o intuito de conscientizar e estimular os servidores a buscar uma vida mais saudável, tanto no seu local de trabalho, quanto fora da fundação. Como deixa claro a coordenadora do NGP, Marcela Paiva, “dentro desse nosso trabalho que é pela saúde do servidor, temos um programa que a gente chama de arco-iris da saúde, então todos os meses temos palestras voltadas para o servidor, uma forma de prevenção, como foi o Janeiro Branco, e assim mensalmente vamos estar realizando palestras”.

 

 


A falta de conhecimento acerca do diagnóstico do Alzheimer vem preocupando cada vez mais, e estar atento aos sinais é muito importante. Por isso, a Fasepa busca sempre manter os servidores bem informados, convidando profissionais para passar algumas informações. Como na palestra de hoje, onde a convidada foi a enfermeira Carine Nascimento, da Uremia Alcindo Cacela (SESPA), que deu algumas dicas para prevenir a doença, “a prevenção é basicamente ter um hábito de vida saudável, ter uma boa alimentação, combater o sedentarismo que leva à perca de vontade de executar algumas tarefas, e para combater o Alzheimer as atividades físicas são fundamentais. Então é importante que os idosos, e as pessoas em geral, estejam mais ativas e exercitando as atividades cognitivas”.


Texto: Eduardo Quemel

Fotos: Dani Valente/ Ascom Fasepa

 

imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível