Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Jovens participam de ações pedagógicas durante o mês de julho na Fasepa

Jovens participam de ações pedagógicas durante o mês de julho na Fasepa

O Recreio de Verão Socioeducativo chega a sua 4º edição e contabiliza um número significativo de ações pedagógicas, esportivas e recreativas envolvendo a participação efetiva de adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas no Estado. A iniciativa é realizada pela Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) e tem entre seus objetivos, promover o desenvolvimento físico e mental dos jovens por meio das interações sociais e vivências educativas responsáveis.


A ação teve início há uma semana e é realizada somente no mês de julho em razão de os socioeducandos estarem em recesso escolar dos professores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e necessitam estar em atividades pedagógicas nas 14 unidades socioeducativas da Fasepa, localizadas na Grande Belém, e nos municípios de Marabá e Santarém, além do Apoena.

 

                

              
Há um pouco mais de um mês cumprindo medida socioeducativa de internação no Centro Socioeducativo de Benevides (CSEB), um adolescente de 16 anos, que participava da oficina de pipa, disse que assim como a pipa, que voa grandes distâncias, ele almeja voar alto ao tomar decisões mais responsáveis ao saí da medida socioeducativa. “Nós estamos fazendo essas pipas para depois colocar no ar o mais alto possível. Eu gosto de ver a pipa subir e ir o mais longe possível, e é isso que eu quero para mim depois que eu saí daqui. Fico imaginando o que eu poderia estar fazendo da minha vida, se não estivesse aqui. Mas também entendo que eu precisava desse tempo para refletir as coisas erradas que vinha fazendo”, comentou o rapaz.


Entre as ações pedagógicas inclusivas que contribuem na promoção e o desenvolvimento dos jovens estão jogos lúdicos, diversas modalidades esportivas, visitas monitoradas a pontos turísticos da capital, rodas de conversa, atividades artísticas e culturais, pintura em tela e muralismo, entre outras. Ações e projetos dessa natureza, são práticas diárias aos profissionais da Fasepa, apesar de este mês ter uma abordagem diferenciada e específica por conta do recesso escolar.

 

                 

 

A coordenadora do espaço Apoena, Marta Santos, explica que esta edição do Recreio de Verão traz algumas novidades com o intuito de fortalecer e proporcionar maior interação entre adolescentes e servidores. “Esse ano nós estamos trazendo o futebol da integração, a semana da arte e o circuito recreativo, onde pensamos nesses momentos na perspectiva de estreitar as relações e sensibilizar positivamente a comunidade socioeducativa. Ainda segundo ela, somado as edições anteriores, cerca de 900 jovens já participaram das ações propostas pelos idealizadores do projeto.

 

                                                                    

 

APRENDIZADO – O arteeducador da Fasepa, Ricardo Rezende, ressalta que muitos jovens que estão na medida socioeducativa não tiveram a oportunidade de brincar por razões diversas. “Quando nós apresentamos aquelas brincadeiras antigas, eles se interessam bastante em aprender, por ser o primeiro contato deles com este universo. A gente observa que eles têm interesse, no entanto, muitos relatam que não brincavam porque tinham outras prioridades e acabavam deixando de lado esse momento”, frisou Ricardo.

 

                                                                   

 

Texto e fotos: Alberto Passos/ Ascom Fasepa

 

imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível