Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Adolescentes internos são certificados em curso de primeiros socorros

Adolescentes internos são certificados em curso de primeiros socorros

Nesta sexta-feira (22), o Centro Socioeducativo Masculino (Cesem) promoveu uma programação com a certificação do ‘curso de primeiros socorros’ destinado aos adolescentes internos e servidores que atuam na Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa). A ação faz parte do Projeto Ressignificando Caminhos na Socioeducação, desenvolvido pela Fundação.


Além de proporcionar o treinamento técnico aos participantes como atendimento a vítimas de acidentes doméstico, fraturas e ferimentos, queimaduras, massagem cardiopulmonar, entre outros. Os responsáveis tiveram o compromisso de repassar valores que, segundo eles, são importantes para a formação de qualquer pessoa.

 

                     

 

“Foi o nosso primeiro contato que este público, mas posso dizer que foi muito bom e proveitoso tanto para eles, quanto para a gente. Nós acreditamos que valores como lealdade, respeito, solidariedade e confiança são qualidades fundamentais para o desenvolvimento de qualquer pessoa, e acredito que tudo aquilo que foi aprendido aqui não foi em vão. Não só do ponto de vista técnico, mais acima de tudo o lado humano dos jovens”, comentou o 3º Sargento do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Pará e responsável por ministrar o curso, Lemuel Moaci.

 

                    

 

O fato de os adolescentes e jovens que estão privados de liberdade e que cumprem medidas socioeducativas na Fasepa, não significa dizer que eles estejam à margem de participar de cursos e oficinas profissionalizantes, artísticas e culturais, além e vivenciar novas experiências pedagógicas que contribuam para o seu desenvolvimento pessoal e social.


O adolescente de 17 anos, que está há cinco meses cumprindo medida socioeducativa, foi um dos destaques da turma sendo escolhido o aluno número um por sua dedicação e compromisso durante o curso. “É bom ter novas oportunidades e aqui é uma recomeço de vida para mim. Quero olhar para frente e mudar a minha história. Quero pegar essas oportunidades que Deus tá me dando e pretendo seguir uma carreira no Corpo de Bombeiros e ajudar outras pessoas. Eu nunca tinha tido essa oportunidade lá fora, e agradeço por esta aqui aprendendo coisas boas”, declarou o socioeducando.

 

                  


Pensando nisso, os profissionais que atuam nas unidades socioeducativas da Fasepa promovem diversas programações internas e externas que viabilizem a inserção desses jovens em ações envolvendo a integração e o fortalecimento de toda a comunidade socioeducativa na perspectiva de melhorar a confiança e o comportamento dos rapazes como explica a gestora do Cesem, Rosiclea Corecha.

 

                                                           

“É visível à mudança de comportamento dos meninos num curto período de tempo a disciplina e o interesse deles em querer aprender algo que poderá dá um direcionamento de vida para eles. Nós já percebemos alguns resultados práticos na disciplina, de cumprir o os acordos que foram firmados com eles. Sobretudo, com alguns adolescentes que tinham muita dificuldade em cumprir as normas e regras da unidade”, comentou Rosiclea.

 

Texto e fotos: Alberto Passos/ Ascom Fasepa

 

imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível