Este site utiliza código Javascript.
Estou em: » Fasepa e Tribunal de Justiça promovem encontro aos servidores da socioeducação

Fasepa e Tribunal de Justiça promovem encontro aos servidores da socioeducação

O Núcleo de Práticas Restaurativas (NPR) da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) em parceria com o Tribunal de Justiça, promoveram nesta segunda-feira (21), no auditório da instituição, o III Encontro Avaliativo direcionado aos servidores da Sede Administrativa e das unidades socioeducativas da Região Metropolitana de Belém. Com o tema ‘Prevenção de Conflitos no Exercício do Trabalho com Práticas Restaurativas’, o encontro teve como objetivo socializar experiências e dialogar sobre os benefícios alcançados a partir da aplicabilidade das Práticas Restaurativas no ambiente institucional.

A partir de diversas formações e capacitações realizadas pela equipe do NPR através dos instrumentais metodológicos direcionados aos profissionais da socioeducação, a coordenadora do NPR, Eliana Penedo, diz que “desde 2015 a equipe vem sentindo a necessidade de avaliar o trabalho que vem sendo feito desde 2012, e de promover a troca de experiências e fazer com que os participantes contribuam propondo melhorias para o aprimoramento dos processos de trabalho”, ressaltou Eliana. Ela explica ainda que “o nosso objetivo é deixar que viessem à tona as dificuldades e os avanços para que haja essa troca e todos possam absorver o conteúdo”.

Com dinâmicas de grupo e relatos de experiências profissionais no contexto socioeducativo, os participantes puderam se apropriar um pouco mais sobre os valores e conceitos da Justiça Restaurativa no ambiente de trabalho nos espaços organizacionais como respeito, ética, exercício da escuta e harmonia, como explica a representante do TJ-PA, Elizabeth Muniz.

“O nosso objetivo é compartilhar conhecimento, habilidades e dizer sim para ser útil a outras pessoas, dizer sim a humanidade e aos colegas de trabalho, as instituições parceiras como é a Fasepa, o Governo do Estado e o Poder Judiciário. Devemos caminhar estreitando os laços com a administração pública de um modo geral, porque eu acredito nessa possibilidade de sentar e dialogar para que nós possamos chegar a uma conclusão que venha beneficiar o todo. Nós esperamos que as pessoas fortaleçam os vínculos no seu ambiente organizacional, saiam daqui tocadas e motivadas a trabalharem nos seus espaços e que haja respeito, a ética, ouvir o colega e começarmos a pensar em nossas vidas pessoais e no autocuidado com o outro”, esclareceu Elizabeth.

Diretriz - A partir da diretriz pedagógica das inúmeras ações que integram o Projeto Ressignificando Caminhos na Socioeducação, a Fasepa em parceria com o Sistema de Garantia de Direitos (SGD) atuam na perspectiva de promover e garantir que, assim como os adolescentes atendidos pela instituição, os servidores também participem de cursos, oficinas de capacitação e tenham acesso a serviços que colaborem para o seu desenvolvimento pessoal e laboral.

“Eu vejo essa reunião de hoje de grande importância para os avanços das ações porque mostra os cuidados que devemos ter com questões sociais complexas relacionadas à socioeducação no atendimento dos adolescentes e família, assim como o relacionamento interpessoal que temos com os colegas no nosso ambiente de trabalho”, comentou a servidora, Rita Lobo, que atua no Centro Socioeducativo feminino (Cesef).

 

Texto e foto: Alberto passos/ Ascom fasepa

imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.
Desenvolvimento: PRODEPA Usando CMS livre - Drupal Sítio Acessível